O que venho relatar aqui é de extrema tristeza pois hoje 15/09/2011 se fez valer a censura a obstrução do direito do cidadão, o impedimento da expressão das verdades.
Durante o aniversário de Barra do Garças vimos muitos desfiles e elogios sem economia a administração da cidade, a administração que falta com a responsabilidade em diversos pontos que não é segredo para ninguém dessa cidade.
A cada curto intervalo de tempo um elogio era tecido sobre a realização desse “mega” evento que foi o desfile em comemoração ao aniversário da cidade, agora vejamos?…. temos mesmo que parabenizar por isso? Isso não seria obrigação?
Mas em termos práticos falamos de outra coisa hoje, falamos de censura, falamos aqui de obstrução de um direito básico do cidadão brasileiro, cidadão esse que se orgulha de viver em uma “democracia” mas na nossa querida Barra parece que as coisas não andam exatamente democráticas.
Durante o desfile me propus a exibir alguns cartazes ressaltando os valores da ética na política e adivinhem o que aconteceu? Isso mesmo pessoal, tentaram me impedir de mostrar os cartazes através da forca física de alguns seguranças da empresa H.M Segurança, me abordaram de forma extremamente grotesca dizendo: “Você não vai mostrar isso aqui” e quando eu perguntei porque eu não poderia mostrar eles nem sequer sabiam me dizer o porque de eu não poder mostrar os cartazes.
Mostrando ainda uma extrema despreparação profissional e intelectual falaram a mim e a meus companheiros em tom ameaçador dizendo que por enquanto ainda estavam pedindo com educação, mas mantinha o spray de pimenta a mão e se aproximavam cada vez mais de mim, como se isso fosse me intimidar ou me fazer esquecer de meus direitos garantidos pela nossa constituição, direito esse que me permite e que te permite expressar livremente opiniões. Como agravante ainda temos o fato de que estava em local publico local que é meu e é seu pois pagamos um dos mais caros impostos do mundo.
Agindo como cachorros dos políticos incomodados com os cartazes os seguranças vieram e tentaram violar nossos direitos, não recuei nem um centímetro eu apanharia ali, eu lutaria ali mas de maneira nenhuma recuaria estando dentro de meus direitos.
Portanto cidadão, acorde e veja o que acontece a sua volta, veja que você não tem voz na sua própria cidade e na próxima eleição por favor seja inteligente e vote com consciência em alguém que não faz de sua cidade seu quintal de mando e desmando.

About these ads