fonte: http://www.thecomingdepression.net

Tanto que estamos ouvindo na mídia sobre o possível calote americano, até assusta né?! Mas, o que isso afeta você consumidor final?! Muita coisa… Infelizmente a economia brasileira esta muito mais entrelaçada a norte americana do que as pessoas sabem… Para se ter uma ideia, em um ano o Brasil investiu 30% seus investimentos no Tesouro americano ( que cabe dizer, até junho era um investimento ultra seguro).

Se EUA não conseguir pagar, acredita-se que os investidores do mundo inteiro devem tirar seus investimentos internacionais ou pelo menos diminuí-los, e aí entra o Brasil, um dos maiores receptores de investimento externo do mundo. A partir daí é uma reação em cadeia:

  1. Diminui o crédito, por não ter dinheiro sobrando;
  2. Como diminui a demanda e a procura não diminui, há um aumento na taxa de juros, já que o mercado observa uma lei muito simples: Quando mais a procura e menor a demanda maior o preço;
  3. Pessoas que precisam financiar o parcelar dívidas para comprar carro, moto, casa… Precisa pagar mais caro para isso
  4. Empresas que precisam de capital de giro e usam limite da conta, diminuem o seu lucro e se veem forçadas a aumentar o preço de seus produtos;

Você consumidor final se encontra agora sem dinheiro para financiar algum patrimônio e vendo os preços sofrendo inflação (aumento dos preços). Mas, pode ter uma lado positivo disso tudo, não a você consumidor final, porém no curto/curtíssimo prazo para o exportador tem; quer dizer, minto… Se gostar de viajar para o exterior, com o Real super valorizado será uma ótima ideia, apesar de eu não aconselhar fazer isso. Por mais especialistas que existem, não há como avaliar o verdadeiro efeito desse problema.

Há uma grande verdade nisso aqui: vai ter gente rachando de ganhar dinheiro enquanto outros rachando de perder dinheiro. Espero que você, meu amigo leitor, esteja do lado dos que irão ganhar muito dinheiro.

Anúncios