Sou um estudante de ciência da computação, estou no terceiro ano do meu curso e essa é minha primeira greve.

Uma greve que com certeza vai prejudicar minhas merecidas férias de fim de ano, meu aniversário, natal, e ano novo e talvez até carnaval.

Mas é mesmo necessário essa greve? Os professores merecem mesmo um reajuste salarial?

Digo sim e sim, um dos profissionais mais importantes em um país é o professor pois o mesmo forma os profissionais que são a força de trabalho evolutiva do país.

Bem se sabe que um profissional bem remunerado desempenha um trabalho melhor e que enquanto país temos condições de dar uma remuneração condizente com a importância da profissão de professor. Profissão essa que hoje em nosso país no mínimo é desvalorizada e mal remunerada.

Um país de tributos altíssimos, salários exorbitantes para parlamentares, benefícios em cima de benefícios para políticos corruptos, caras repetidas, os mesmos velhos nomes, as mesmas caras, os mesmos velhos homens.

Homens sem ideais, homens sem uma postura bem definida, homens sem fidelidade, homens sem compromisso com nosso país.

Mais uma greve, mais um dia onde quem perde é a educação, onde quem perde somos nós, pois tem um bando de políticos covardes brincando com nosso dinheiro, decidindo onde não aplicar.

Poder dado por nós mesmos através de nosso voto consciente/responsável ou não foi você, foi eu quem os colocamos lá. Como punição por nossa displicência seremos agora afligidos por uma paralisação de nossos estudos, por uma interrupção de nossa capacitação profissional para o tão desejado mercado de trabalho, mercado esse que está com vagas em aberto.

Jornais vivem alardeando “existem vagas mas não tem capacitados” e ainda assim nossos governantes deixam a maquina da educação parar por falta de uma remuneração condizente, faça um favor a si mesmo ó estudante/cidadão tome mais cuidado na próxima eleição, observe atentamente quem você irá eleger como seu representante, como seu líder, como o gestor de seu suado dinheiro.

Estradas ruins, greve na educação, greve na policia, novos impostos, reajuste salarial para parlamentares, atraso em verbas, mas o sagrado  futebol teremos….. Acorda Brasil, menos copa e mais educação, menos novelas e mais ação, menos egocentrismo e mais consciência.

Anúncios