Início

O Manifesto HACKER !

2 Comentários

Portanto, não os temais; pois não há nada encoberto, que não venha a ser revelado; nem oculto, que não venha a ser conhecido. (mateus 10,26)

Mais um foi preso hoje, está em todos os jornais! “Jovem preso por crime de computador” “Hacker preso depois de invadir Banco”. Malditos garotos! São todos iguais!


Mas você, com sua psicologia barata e um cérebro tecnológico de 1950, nunca olhou atrás dos olhos de um HACKER.
Você nunca se perguntou sobre o que despertou essa paixão? Que forças o incentivaram? O que o moldou? Eu sou um HACKER!
Entre no meu mundo.
Meu mundo começa na escola… Sou mais esperto que os outros garotos e esta bosta que nos ensinam me chateia.
Malditos garotos!
Eles são todos iguais!

Estou no ginásio ou nas universidades…
Ouvi dos professores pela qüinquagésima vez como reduzir uma fração ”
Não, professor, não demonstrei meu trabalho, eu o fiz de cabeça”
Malditos garotos! Provavelmente ele colou.
Eles são todos iguais!
Eu fiz uma descoberta hoje, conheci um computador.
Espere um segundo, isto é legal!
Ele faz exatamente o que eu quero.
Ele é meu instrumento.
Se ele comete um erro, é porque eu errei, não que ele não goste de mim, ou se sinta intimidado por mim…
Ou porque não gosta de ensinar e não deveria estar aqui.
Malditos garotos! Eles são todos iguais!

E então aconteceu… uma porta se abriu para um outro mundo.
Escorrendo pela linha do telefone, como heroína nas veias de um viciado, um pulso eletrônico é enviado para fora, um refúgio onde me esconder dos incompetentes de todos os dias foi encontrado… uma teclado foi descoberto.
“É isto!… este é o lugar de onde eu venho” .
Eu estou onde gosto… Me sinto a vontade aqui, a cada dia que passa meus conhecimentos aumentam vertiginosamente.
Eu conheço todos aqui, nunca nos encontramos, nunca nos olhamos cara a cara, nunca escutei as suas vozes, mas conheço tudo sobre vocês…
Malditos garotos! Usando a linha do telefone de novo! Eles são todos iguais!
Você apostaria a bunda para provar que somos todos iguais…
Na escola nos nutriram com comida de criança enquanto desejávamos um ?suculento caldo de mocotó?.
Os pedaços de comida que nos deram já estavam mastigados e sem sabor.
Nós fomos dominados por sádicos, ignorantes ou apáticos.
Os poucos que tinham algo a nos ensinar nos tratavam como bons alunos, e estes poucos são como “gotas d’água no deserto”.
Agora este é o meu mundo, o mundo de elétrons e botões, a beleza da transmissão em bauds por segundo.
Nós fazemos uso de um serviço que deveria ser acessível e barato se não fosse dominado por aproveitadores e especuladores capitalistas, e vocês nos chamam de criminosos.

Nós exploramos o conhecimento… e vocês nos chamam de criminosos.
Nós corremos atrás do saber e vocês nos chamam de criminosos.
Nós existimos sem cor, sem nacionalidade, sem religião e vocês nos chamam de criminosos.
Vocês constróem bombas atômicas, vocês fazem guerras, vocês matam, trapaceiam, corrompem e mentem para nós e tentam nos fazer crer que é para nosso bem, e nós é que somos os criminosos?
Sim, eu sou um criminoso.
Meu crime é a curiosidade.
Meu crime é descobrir o que os jurados pensam e sabem e não o que vêem.
Meu crime é descobrir seus segredos, algo que não te deixará esquecer jamais o meu nome.
Eu sou um HACKER, e este é o meu manifesto.
Você pode me capturar, mas não pode prender todos, pois no fim das contas, nós somos todos iguais.

Leia tambem: Geração Pirata, Geração Conectada

Anúncios

Obrigado Chocolate, Obrigado a comunidade Universitária !

Deixe um comentário

Saudações a todos, cidadãos, universitários e pessoas ao alcance desse texto venho por meio desse agradecer a todos os universitários pela representatividade em mim investida pois é de muita confiança da parte de todos delegar essa função a mim, por isso meu muito obrigado.

Queremos também agradecer ao Apresentador/Jornalista Chocolate pelo espaço e direito de resposta que foi concedido a nós, possibilitando que prestássemos esclarecimentos a população  acerca dos fatos ocorridos no dia 03/06/2011. Com isso queremos parabenizar a TV Serra Azul e a toda a sua equipe pela transparência e pelo seu compromisso com a verdade e isso se provou na forma do programa de hoje.

Novamente obrigado a todos e que nossos projetos tenham sucesso, já de antemão gostaria de anunciar nossa mais nova idéia “A Festa das Republicas” fiquem atentos pois estaremos com mais informações.

acese http://www.nabrakiara.com

Destruidores, Arruaceiros ? será isso mesmo?

9 Comentários

Saudações caros universitários/cidadãos, venho por meio deste manifestar algumas visões a respeito dos últimos acontecimentos envolvendo a comunidade universitária de Barra Garças e um membro da imprensa local.

Façamos uma breve reflexão sobre a cultura universitária local, bem como seu impacto na sociedade e economia do lugar.

Cada universitário gera um movimento na economia da cidade pois o mesmo tem gastos com mantimentos, aluguel, transporte, lazer, vestimentas e etc. ou seja, temos os mesmos gastos que moradores nativos do local.

Inevitavelmente Barra do Garças agora é uma cidade universitária e esse processo é irreversível, o fluxo de estudantes será continuo nessa cidade indefinidamente e isso é algo positivo em vários aspectos para a cidade pois o numero de habitantes dessa cidade cresce de forma exponencial devido a existência de diversas faculdades no lugar, e isso aquece a economia da cidade fazendo assim um lugar melhor para todos.

Imagine por um momento como seria se todos os Universitários daqui parassem de comprar e de usar os serviços da cidade por uma semana… sim isso seria de um enorme prejuízo para o comercio local, ou ainda imagine essa cidade sem a jovialidade dos estudantes? Ou ainda o quanto seria insípida a noite e os locais populares (Porto do Baé).

Sim somos um povo, somos um grupo numeroso da ordem de milhares de pessoas de vários locais do Brasil trazendo para o MT uma característica multicultural muito rica e fomentamos direta e indiretamente a economia local. Como exemplo pense no mercado imobiliário ou ainda no lucro advindo da movimentação interna dos estudantes.

Tudo isso gera um lucro impar para a cidade.

O que acontece é que uma visão distorcida foi disseminada sobre nosso comportamento e sobre nossa responsabilidade socioambiental, visão que deve ser desfeita pois somos um povo numeroso e não podemos e não seremos difamados  dessa forma.

Uma pratica de imprensa irresponsável que somente mostra um lado da moeda fazendo muito barulho onde não devia ter barulho nenhum.

Organizamos um movimento festivo socialmente justo e aberto para todos, sem fins lucrativos e de uma filosofia descentralizada onde as pessoas são incentivadas a se expressarem da forma que mais as agradam. Esse movimento foi o Luau universitário de maior porte realizado nessa cidade, fizemos nossa festa sem agredir ouvidos nem mesmo de quem estava no local pois o artefato usado para fazer musica foram somente violões violas e alguns instrumentos de percussão e voz natural, logo não perturbamos a ordem da cidade com barulho ou algo do tipo.

Quanto ao lixo extraordinário gerado pelos participantes do evento, o mesmo foi recolhido poucas horas depois do evento algo aproximadamente a quatro horas até ser recolhido totalmente depois do Luau.

Sobre uma suposta destruição de vegetação praiana ou mata ciliar, isso é totalmente improcedente visto que foram somente retiradas quatro varas de bambu do local e como qualquer pessoa que tenha estudado o bioma local sabe, o bambu não é uma espécie nativa daqui. E isso leva a uma pergunta: Quem introduziu uma espécie estrangeira e por que fez isso?

Alguns moradores reclamam sobre o desconforto de tanta gente andando por perto de suas casas, mas se pensarmos bem não deveriam ter casas em uma distancia mínima de 100 metros da margem do rio mas isso não está acontecendo , tem casas que os seus quintais são a praia do rio e isso sim é destruir o meio ambiente.

Portanto senhoras e senhores, pensem bem antes de pronunciar qualquer coisa a respeito dos Universitários dessa cidade pois fazemos mais bem que mal e  se um somente um fizer um grande sucesso o futuro do Brasil pode mudar através de um único universitário bem sucedido, veja o caso de Mark Zukerberg, Bill Gates, Steve Jobs Larry Page, Sergey Brin, e muitos outros que estavam na universidade quando fizeram grandes descobertas.

Contribua para nosso sucesso pois assim estará contribuindo para o sucesso do mundo !

%d blogueiros gostam disto: